Seguidores

SEMPRE COM DEUS

ESTE BLOG TEM COMO OBJETIVO GLORIFICAR A DEUS ATRAVES DAS POSTAGENS,EDIFICANDO VIDAS PARA O CRESCIMENTO ESPIRITUAL. MODESTA PARTE, PRA QUEM GOSTA DE LER É UM PRATO CHEIO

domingo, 15 de maio de 2011

DIA 15 DE MAIO DIA INTERNACIONAL DA FAMILIA

A verdadeira felicidade está na própria casa, entre as alegrias da família. A família é um assunto presente em toda Bíblia Sagrada. Tanto no Antigo quanto Novo Testamento a importância da família é exaltada.

Jesus o filho de Deus nasceu no seio de uma família. Teve uma vida familiar abençoada que serviu de base para seu desenvolvimento até que chegasse à hora de se revelar como o Messias de Israel. foi obediente e sujeito a seus pais. Como homem perfeito em todas as coisas, também foi perfeito em seu relacionamento familiar.

Em tempos atuais em que o divórcio tornou-se coisa corriqueira, a autoridade paterna é questionada por “especialistas” e a própria legislação procura retirar o poder dos pais.

Em tempos passados as crianças eram educadas para o lar. Os rapazes deveriam tomar esposas e sustentar seu lar, as meninas deveriam ser boas esposas e boas donas de casa. A modernidade deu primazia a outras realizações pessoais e em conseqüência a instituição do casamento perdeu seu espaço na mente do homem moderno. Não que a mulher não possa ter seu espaço no mercado de trabalho, defendemos este espaço, que é uma posição que ela conquistou com muita luta, mas que isto seja usado com inteligência para não trazer divergência na família. Para isto o casal precisa entender que o trabalho do lar precisa ser realizado pelos dois, para que o peso não recaia só sobre a mulher que assim como o homem também trabalha fora de casa. Porque só a mulher deve ter uma jornada dupla? Para que isto não aconteça é preciso que haja cooperação da parte do marido.

A sociedade está doente e morrendo porque a família que a compõe esta se deteriorando. A disciplina acabou. A valorização do lar foi substituída pela valorização profissional. Ser um vencedor não significa mais ser honesto e educar bem os filhos. Vencer agora é ter carro do ano, casa em bairro de classe alta, enfim o status, mesmo que isso signifique um lar sem afeto, um casamento instável e filhos traumatizados. Mas a palavra de Deus diz: “É melhor um bocado seco e com ele a tranqüilidade, do que a casa cheia de iguarias e com ela a desavença” (Provérbios 17.1).

É muito fácil dizer que o governo não dá segurança, não prende todos os bandidos. Mas quanto de segurança será o bastante, enquanto os lares continuarem produzindo delinquentes? Não há base moral, por isso toda a família desmorona. O governo dá à didática, mas quem dá o incentivo, o impulso, o animo, o amor, sem o qual o conhecimento para nada serve, é a família. O estado combate o tráfico de drogas, mas o vazio familiar faz com que muitos filhos vão buscar nas drogas, no assalto e no assassinato preencher esta brecha que a família deixou aberta.

Certos valores do passado perderam-se na busca pelo progresso. Se não os acharmos, não nos acharemos a nós mesmos .

O que eu e você estamos produzindo em nossos lares? O Salmista escreveu: “Como flechas na mão de um homem poderoso, assim são os filhos da mocidade” (Salmos 127). Que tipo de flecha estamos lançando na sociedade?

Não é fácil na época atual criar filhos com uma boa educação familiar, mas se queremos que isto aconteça devemos dedicar um tempo do nosso dia para estarmos com nossos filhos. Sei o que é chegar em casa cansado de um dia estafante de trabalho, mas mesmo assim se fizermos um pequeno esforço conseguiremos fazer algo por nossa unidade familiar. Na hora do jantar faça com que todos da família estejam reunidos à mesa e aproveite este momento para conversar, saber como vai seu filho na escola, sobre suas amizades.

Não permita que seu filho faça parte de galeras, de turminhas que se reúnem diariamente em ruas e praças do seu bairro. Geralmente este pessoal incentivam uns aos outros para fazerem o mal. Procure em seu bairro associações comunitárias que se dediquem ao trabalho com menores e adolescentes e inscreva seu filho. Crie horários, para que ele aprenda a ser disciplinado, horário para estudar, assistir TV, jogar vídeo game, estar no computador e hora para dormir. De inicio ele vai reclamar, mas com o tempo ele vai se adaptar. Ensine-o a respeitar as pessoas, a dar lugar aos mais velhos no transporte coletivo, não jogar lixo na via pública. Estas coisas simples vão formando neles um sentido de cidadania e respeito. Este sentido de cidadania o afastará de amizades indesejadas.

Ensine ao seu filho o temor a Deus. Procure passar para seu filho o pouco que você souber sobre Deus. Se você tem dificuldade nesta área, mesmo que você não seja evangélico encaminhe seu filho a uma escola bíblica de alguma igreja, isto vai ajudá-lo muito. O temor a Deus faz com que o jovem evite fazer coisas erradas, já que ele vai aprender que Deus o ama e que o mal vai afastá-lo deste Pai maravilhoso.


* Editor do Site

Fonte de pesquisa: Módulo 5 da FTB

www.santovivo.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...